Paralisação em Ananindeua – Pará

Prezado Cliente,

Devido negociação sindical referente ao reajuste salarial de data base na região de Ananindeua (PA), está ocorrendo uma paralisação por parte dos profissionais rodoviários na data de hoje, 22/05/2017.

Diante deste cenário, ficamos expostos à possíveis atrasos nas entregas e/ou coletas programadas para essa data.

Agradecemos e contamos com sua compreensão.

Atenciosamente,

 FEMSA Logística Brasil

Alteração no Fluxo do Processo Suframa

Prezados Cliente,

Recentemente houve uma importante mudança no fluxo do processo Suframa, o qual teve nova portaria, nº 95, publicada em 29/03/2017, que passará a vigorar a partir do dia 10/04/2017 para as regiões Suframadas: Amazonas, Roraima, Acre, Rondônia e Amapá.

Esta mudança ocasionou para nós, operador logístico, impacto no processo de emissão dos conhecimentos (CTE’s). Com o objetivo de ajudá-lo nesse processo, devido as alterações ocasionadas na rotina de remessa das cargas com destino a essas regiões, enviamos em anexo a nova portaria e o novo fluxo detalhado estabelecidos pela Suframa.

Contamos com a sua compreensão e habitual parceria para conseguirmos juntos minimizar os  possíveis impactos.

FEMSA Logística Brasil

Comunicado SEFAZ CE

Desde o último dia 05 de agosto enfrentamos dificuldades nas entregas e devoluções de mercadorias partindo ou chegando no estado do Ceará.

A razão é que a Secretaria da Fazenda do Estado determinou que a partir daquela data, não seria permitida qualquer alteração no selo fiscal das notas que deram entrada no estado.

Com isso, a filial da Atlas no estado ficou impossibilitada de concluir as entregas e devoluções nas seguintes modalidades:

 

•  Mercadorias retidas e cujo imposto foi pago através das guias de GNRE

•  Mercadorias retidas indevidamente cujo contribuinte e isento ou tem regime especial

•  Devolução de mercadorias por recusa no ato da entrega ou por solicitação do remetente sem emissão da NF pelo destinatário

•  Outras relacionadas na Portaria 470/2016 (vide anexo)

 

Tal medida, pegou todos de surpresa e desde então temos visitado com frequência aquele órgão no intuito de entendermos as razões e as ações necessárias para darmos continuidade aos processos pendentes.

 

Na última sexta, em reunião entre o Sindicato das Empresas de Transportes e representantes da SEFAZ/CE, fomos informados que nos próximos dias teremos maiores detalhes e/ou alterações nesse processo. Até lá, vigora o que diz a Portaria em anexo que nomeia 3 servidores do órgão para avaliar e realizar quaisquer alterações em sistema mediante solicitação do contribuinte ou transportador através de processo a ser realizado no site da SEFAZ/CE (SEFINT). Não há prazo para essa análise uma vez que a demanda de processos é grande e apenas 3 funcionários foram designados para fazer esse estudo.

 

Importante: Nos casos de devoluções, SEM EMISSÃO DE NF por parte do destinatário, o processo será realizado normalmente com a NF de Venda, porém as mercadorias sofrerão inspeção na fronteira com a retenção do veículo no local pelo período necessário para fiscalização comprovar e conferir toda a carga. O transportador por sua vez, ficará responsável pelo pedido de baixa do imposto via processo a ser protocolado conforme tramite acima, caso contrario, poderá ser responsabilizado e ter seu credenciamento cassado.

 

Dúvidas e/ou esclarecimentos através do site da SEFAZ CE ou 0800 7078585.

Manifestações interditam vias pelo país.

O dia começou com protestos em pelo menos três capitais do país: São Paulo, Porto Alegre e Fortaleza. Os manifestantes bloquearam vias importantes das cidades e estradas. Eles também protestam contra o presidente interino, Michel Temer , e contra cortes em programas sociais do governo federal.

São Paulo

Os manifestantes bloquearam às 6h pontos das marginais Tietê e Pinheiros e das avenida Radial Leste e Francisco Morato, quatro das mais importantes vias da capital paulista; além da rodovia Régis Bittencourt.

Porto Alegre

Em Porto Alegre (RS),  os manifestantes queimaram pneus e fizeram barricadas para bloquear uma estrada.

Estamos trabalhando para minimizar estes impactos em nossas operações.

Fonte: UOL Notícias

Dia do motorista

Homenagem da Atlas a todos os motoristas, que movem a economia transportando cargas, alegrias e sonhos por todo o país.

Atlas passou a integrar oficialmente a FEMSA Logística

Desde o início do ano, a Atlas passou a integrar oficialmente a FEMSA Logística, juntando-se a FL Logística e Expresso Jundiaí. O Expresso Jundiaí sempre se destacou pela qualidade e forte infraestrutura de distribuição nas regiões sul e sudeste.
A integração com o Expresso Jundiaí irá propiciar maior qualidade e agilidade dos serviços nessa região, que passa a contar com um número expressivo de unidades.

A Atlas sempre investindo e inovando para oferecer aos seus clientes serviços logísticos de classe mundial.

Nova unidade todo estado de Rondônia

Presente na capital rondoniense há mais de 40 anos, a Atlas acaba de inaugurar uma nova unidade mais ampla e moderna de onde atende todo estado de Rondônia, o Acre e parte do Amazonas. A nova unidade conta com área total de 9.127,04 m², área de armazenagem com 1.356,86 m² e 9 docas em um armazém com sistema de distribuição cross docking. As novas instalações irão proporcionar maior qualidade nos serviços e dar suporte ao crescimento da região norte.

Parabéns, pois esta conquista é fruto do trabalho, dedicação e profissionalismo de todos.

Olimpíadas 2016: Impacto nas entregas no RJ

Srs. Clientes e parceiros,

Em virtude das Olimpíadas do Rio 2016, a Prefeitura do Rio de Janeiro instituiu um Decreto Olímpico com restrição de circulação de veículos em diversas áreas da cidade, o que impactará diretamente nos níveis de serviço das entregas na região.

Além das restrições de circulação foram decretados feriados nos dias 5, 18 e 22 de agosto, que devem gerar um acúmulo de carga.

A Atlas já está se planejando para esse período e pede a seus clientes que programem seus pedidos com antecedência a fim de evitar maiores problemas e nos comunique em casos emergenciais.